Como proteger seus filhos

Crianças e adolescentes que usam a internet podem ser vítimas de pedofilia, falsa identidade, ofensas através de montagens de fotos/imagens, roubo de senhas para utilização de e-mails pessoais, roubo de diálogos ou imagens comprometedoras, cyberbullying e happy slapping.

Por outro lado, muitas vezes, os próprios adolescentes são os autores de infrações desse tipo. É comum eles acharem que não há nada de errado em participar de uma comunidade com um título “Eu odeio…”, mas discriminação é crime e cabe aos pais transmitir esse tipo de conhecimento aos filhos. Em geral, as crianças e os adolescentes pensam que não há problema em divulgar um vídeo em que um conhecido passa por algum vexame interpretando a cena como engraçada no estilo “videocassetada”, mas esse tipo de atitude caracteriza difamação.

Cabe aos pais orientar, ensinar e alertar. Para isso, é fundamental acompanhar a vida online dos filhos e conhecer os principais riscos enfrentados atualmente pelas crianças e adolescentes que usam a internet.

André Quintão

Está à frente de vários projetos sociais, desenvolvendo sempre novas ideias para auxiliar pais e mestres na educação de jovens e crianças em todo Brasil. Autor do livro “Pai Real no Mundo Virtual”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *