Governos estão de olho no que você publica no Twitter

Governos estão se tornando mais famintos no que diz respeito à informações do Twitter. O número de pedidos por informações de usuário aumentou em 40% no período da primeira metade do segundo semestre de 2014.

“Prover este nível de transparência não exclui complicações e às vezes significa chegarmos à perguntas difíceis e críticas sobre as nossas decisões”, escreveu Jeremy Kessel, gerente sênior do Twitter para a Política Jurídica Global, em um post em sua conta pessoal nesta segunda-feira.

E o pedido vem de vários governos. No total, o Twitter recebeu 2.871 pedidos de informação, cobrindo 7,144 contas durante a metade do ano de 2014. Segundo um novo relatório de transparência, a companhia cumpriu 52% dos casos.

Rússia, Turquia e Estados Unidos estão entre os países que aumentaram seus pedidos de informações sobre usuários ao Twitter.

Durante o segundo semestre de 2014, o Twitter recebeu 376 ordens judiciais para remoção de conteúdo e 420 outros pedidos da mesma ordem vindos da polícia e outras agências governamentais. O Twitter honrou os pedidos de remoção em 13% dos casos. Ao todo foram 1.982 tweets.

Fora isso, o Twitter teve um aumento de 81% no número de violação de direitos autorais, de acordo com o Digital Millennium Copyright Act [DMCA].

A empresa recebeu 16.648 DMCA observações durante o mesmo período de seis meses, e a empresa afirmou ter removido 66% do conteúdo.

Fonte: IDGNow

André Quintão

Está à frente de vários projetos sociais, desenvolvendo sempre novas ideias para auxiliar pais e mestres na educação de jovens e crianças em todo Brasil. Autor do livro “Pai Real no Mundo Virtual”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *