ONU pede a jovens para utilizarem a Internet para mudanças sociais positivas

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, pediu aos estudantes para usarem as tecnologias da informação e da Internet de forma criativa para traçar um futuro melhor para a humanidade, dizendo que a web é um recurso poderoso e uma ferramenta para o desenvolvimento. “A web é essencial para alcançar os Objetivos do Milênio. Salas de aula on-line e o e-learning estão criando novas oportunidades para a educação,” disse o Secretário-Geral disse em mensagem para a 35ª Conferência Internacional ONU-Escola das Nações Unidas, cujo tema deste ano é “A web: Conectando o Mundo”.

“A coleta de dados através da Internet é fundamental para traçar nosso progresso e identificar áreas que requerem maior atenção. Telefones celulares com tecnologia de banda larga estão ajudando a identificar crianças desnutridas e conectar conselheiros e pacientes do HIV,” disse Ban na conferência em Nova York. Ele salientou o compromisso da ONU com a liberdade de informação, conforme proclamado no artigo 19 da Declaração Universal dos Direitos Humanos, e com a promoção do acesso universal a tecnologias da informação e da comunicação (TIC), centrais para a realização desse direito.

“Uma iniciativa através da qual estamos buscando esse esforço é a Comissão de Banda Larga para o Desenvolvimento Digital, lançada no ano passado pela União Internacional das Telecomunicações (UIT) e pela Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), que pretende trazer a tecnologia de banda larga a todos, em todos os lugares, para que os países em todas as fases de desenvolvimento possam se beneficiar,” acrescentou.

Enfatizando o poder da Internet para trazer mudanças sociais, o Secretário-Geral citou os ” dramáticos acontecimentos no Norte de África e no Oriente Médio,” onde os jovens têm usado a web “para ajudar a transformar as sociedades e virar a maré da história. (…) São jovens como vocês que estão liderando esta revolução, que não estão apenas encontrando sua voz online, mas usando a tecnologia para construir um futuro melhor para todos,” disse Ban.

Jovens de 48 escolas, representando 19 países, participam da conferência de dois dias, que está analisando questões como o papel da Internet em movimentos políticos, as questões morais e éticas relativas à privacidade da informação e o potencial do uso da Internet durante conflitos como a guerra cibernética.

André Quintão

Está à frente de vários projetos sociais, desenvolvendo sempre novas ideias para auxiliar pais e mestres na educação de jovens e crianças em todo Brasil. Autor do livro “Pai Real no Mundo Virtual”

Um comentário em “ONU pede a jovens para utilizarem a Internet para mudanças sociais positivas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *