Vírus que rouba dados bancários ataca pelo Facebook

facebook-smileysO vírus Zeus, que em 2010 roubou milhares de senhas e dados de contas bancárias, voltou a atacar. Segundo reportagem do blog de tecnologia do New York Times, a empresa de segurança Trend Micro apontou um aumento de usuários afetados nos Estados Unidos. Agora, o vírus tipo cavalo-de-Tróia é acionado quando o usuário clica em links ou mensagens falsas, que pedem que o usuário clique para visualizar vídeos ou produtos, aponta o Business Insider.

No momento em que o link é ativado, o vírus encaminha, automaticamente, estas mensagens e links contaminados (geralmente anúncios) para os amigos na rede social, com o objetivo de infectar mais usuários.

A Trend Micro diz que, ano passado, o Zeus, foi apontado como parte de um ataque que desviou cerca de US$ 800 milhões de contas de bancos na Europa, América Latina e Estados Unidos. Além de dados bancários, o Zeus é programado para roubar qualquer tipo de identificação online de usuário, o que inclui dados pessoais.

Com informações do Business Insider e Daily Mail.

Como se proteger

A página www.facebook.com/security reúne informações sobre segurança no Facebook. A empresa informa que “detecta ativamente vírus conhecidos nos dispositivos dos usuários para proporcionar a eles um processo de autorrecuperação que inclui o varredor de vírus Scan-E-Repair”. O Facebook recomenda aos usuários a relatar qualquer spam que encontrem no Facebook, e lembra que o Facebook nunca pedirá seu cartão de crédito, número de identidade ou CPF ou qualquer outra informação sensível que não seja seu nome de usuário e senha ao efetuar login.

André Quintão

Está à frente de vários projetos sociais, desenvolvendo sempre novas ideias para auxiliar pais e mestres na educação de jovens e crianças em todo Brasil. Autor do livro “Pai Real no Mundo Virtual”

Um comentário em “Vírus que rouba dados bancários ataca pelo Facebook

  • 15 de junho de 2013 em 06:08
    Permalink

    A página http://www.facebook.com/security reúne informações sobre segurança no Facebook. A empresa informa que “detecta ativamente vírus conhecidos nos dispositivos dos usuários para proporcionar a eles um processo de autorrecuperação que inclui o varredor de vírus Scan-E-Repair”.

    Resposta

Contribua com seu comentário